Domingo,16 de Dezembro de 2018 São 19h23

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Cartório eleitoral de Vera dá início a período de revisão eleitoral obrigatória

A revisão segue até 29 de março de 2019 e eleitores que perderem o prazo poderão ter o título cancelado
05/12/2018 - 14:51:14

Teve início nesta segunda-feira (03) e segue até o dia 29 de março de 2019, o período de revisão do eleitorado de Vera. A informação é do Cartório Eleitoral da cidade. Lembrando que todos os eleitores, incluindo os servidores municipais sendo concursados ou contratados que não tenham realizado a biometria ou que necessitem de algum tipo de mudança no título eleitoral precisam procurar o cartório dentro do prazo sob a pena de ter o documento cancelado.

O horário de atendimento do Cartório Eleitoral neste período será das 07h30 às 17h de segunda a sextas-feiras. Ele fica localizado na Avenida Brasil n, 1620, no centro de Vera. Os eleitores que precisam realizar a revisão e a biometria devem levar documentos pessoais com fotos e comprovante de endereço.

De acordo com o chefe do Cartório da 37ª Zona Eleitoral Luiz Antônio, a revisão é obrigatória. “Des de ontem se encontra aberta revisão de eleitorado no município de Vera, é obrigatório para todos os eleitores do município. No momento do atendimento serão colhidos os dados biométricos. Então é importante que a população compareça no período divulgado e não perca o prazo. Vale lembrar que durante o período de recesso do dia 20 de dezembro até o dia 06 de janeiro às zonas eleitorais, do estado Mato Grosso não estarão atendendo, porém a partir do dia 07 retoma o atendimento e segue até o dia 29 de março”, ressaltou Luiz.

Ele explicou ainda que é importante que a população não deixe para a última hora, uma vez que a quantidade de kits é limitada, bem como a quantidade de servidores para realizar o atendimento. E como agora a procura é baixa o atendimento poderá ser realizado de forma mais tranquila. Ele concluiu alertando que as pessoas não podem deixar de realizar a revisão por que podem acabar perdendo os títulos e tendo diversos transtornos pessoais.

“Caso a pessoa perca o prazo e não compareça ao cartório até o dia 29 de março de 2019 terá o título cancelado. Uma vez com o título cancelado essa pessoa vai ter problema com CPF, ou com movimentação bancária, não poderá assumir concurso ou cargo público, nem tirar passaporte. Então vai causar alguns transtornos civis na vida desse eleitorado por isso é importante que as pessoas procurem o cartório e realizem a revisão o quanto antes”, concluiu.

Fonte:Dieny Vieira