Sábado,08 de Agosto de 2020 São 07h31

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Farmacêutico Bioquímico de Vera participa de capacitação sobre diagnóstico da Malária em Cuiabá

Além do diagnóstico de malária, a capacitação abrange também doença de chagas e filariose.
16/12/2019 - 14:19:57

A Prefeitura de Vera através da Secretaria de Saúde enviou para a capital Cuiabá o Farmacêutico Bioquímico do Laboratório Municipal Eduardo Alexandre da Costa Vasconcelos Rocha onde está participando de uma capacitação sobre diagnóstico de malária, doença de chagas e filariose. O curso teve início na segunda-feira (09) e será finalizado nesta sexta-feira (13). De acordo com Eduardo o curso é voltado para os municípios que tiveram as matas mexidas para a instalação do linhão de energia elétrica.

“Todos os municípios que fazem parte deste trajeto do linhão e que tiveram sua mata mexida tiveram que encaminhar profissionais para Cuiabá, para fazer este curso no Laboratório Central do Estado de Mato Grosso para aprimorar o seu profissional em relação a essas doenças. Isso visa prevenir possíveis casos de incidência de malária que possam ocorrer no município devido a esta questão da mata. Sabemos que todos os municípios do estado tem o vetor que transmite a malária e por este motivo precisamos estar capacitados para diagnosticar possíveis casos que possam acontecer no nosso município. Então é muito importante que o bioquímico, o profissional esteja atualizado sobre o diagnóstico dessas doenças para que possa fazer um bom trabalho, e ter o nível de excelência no diagnóstico da doença e estarmos preparados caso aconteça incidência e estar combatendo de imediato para que a doença não se alastre”, destacou o Rocha.

Estão participando do curso os municípios: Carlinda, Cláudia, General Carneiro, Guiratinga, Novo São Joaquim, Ribeirãozinho, Torixoréu e Vera. Estão também presentes o Escritório Regional de Saúde de Sinop e de Barra do Garças. A responsável por organizar o curso foi a Paranaíta Ribeirãozinho Transmissora de Energia S.A, que contratou a Prevent controle de endemias para articular transporte, alimentação e hospedagem. O curso não teve custo para o município.

O secretário de saúde Waldir Alessandro Gabriel falou sobre a importância deste curso para o munícipio. “Nós valorizamos o aperfeiçoamento dos nossos profissionais, e este curso foi muito importante para o nosso município. E apesar de nossos pacientes não terem ficado sem exames, agradecemos a população por entender a ausência do nosso bioquímico nesta semana. Agora nosso bioquímico terá mais conhecimento para identificar essas doenças”, ressaltou o secretário.

E quem efetivamente ministrou o curso foi o Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (LACEN-MT). Em Vera, nesse ano tivemos dois casos de Malária. Os dois foram de pacientes que adquiriram a doença no Estado do Pará. O coordenador da Vigilância Epidemiológica e da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Vera, Geovane Ruhoff, expôs a necessidade de Vera estar presente no curso uma vez que recebemos pacientes de várias cidades do estado de Mato Grosso e também de outros estados de país.

“A participação de Vera nesse curso foi muito importante, porque nós recebemos pacientes de diversos municípios e Estados do país. E apesar de termos registrado apenas dois casos de malária ao longo desse ano, até o momento, nós temos municípios da região que já passaram de 90 casos. E devido a esse fluxo de pessoas em nosso município, os nossos profissionais precisam estar capacitados para garantir o diagnóstico correto dessas doenças, para assim evitar epidemias”, concluiu Geovane.

Fonte:Dieny Vieira