Quarta Feira,08 de Julho de 2020 São 08h59

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Município de Vera registra o primeiro Óbito por Covid-19

Boletim informativo registra 1 óbito, 13 casos positivos, 16 pessoas com a suspeita da doença e 57 pessoas em acompanhamento/isolamento.
10/06/2020 - 13:58:10

Na manhã desta quarta-feira (10) o município de Vera foi surpreendido por uma notícia triste e difícil, o registro do primeiro óbito pelo novo coronavírus. A Administração Municipal de Vera através da equipe da Secretaria de Saúde vinha desde o início da pandemia lutando para não chegar a este momento de termos que noticiar no boletim informativo diário do coronavírus de Vera o primeiro caso de óbito, no entanto, hoje o boletim sofreu novas alterações e com este triste dado, 1 óbito, 13 casos positivos, 16 suspeitos e 57 pessoas em acompanhamento/isolamento. 

Mais uma vez diante das mudanças no boletim o secretário de saúde Waldir Alessandro Gabriel se pronunciou em uma coletiva de imprensa falando do óbito e deu os pêsames à família enlutada. “Infelizmente tivemos o primeiro caso de óbito pelo coronavírus. E quero desejar a família em nome da Gestão Municipal do prefeito Moacir Giacomelli, de toda a equipe da Secretaria de Saúde, meus pêsames, meus mais sinceros sentimentos que Deus conforte o coração de cada um de vocês. Infelizmente houve esse óbito por causa do coronavírus. Neste momento eu nem gostaria de estar aqui tendo que dar a informação de que tivemos um óbito por causa do coronavirus, para nós é muito difícil, pelo trabalho que a gente vem fazendo de alertar a população sobre a gravidade da situação”, destacou Waldir.

O secretário mais uma vez fez o apelo aos verenses para que se cuidem, evitem aglomerações e mantenham o distanciamento e o isolamento social. “Eu como secretário de saúde em nome da nossa equipe que está a frente da pandemia estamos pedindo, por favor, que vocês entendam a situação. Evitem de sair de casa, só saia se houver extrema necessidade.  De ontem para hoje foi uma loucura, nosso gráfico subiu lá em cima se a população não nos ajudar, vai ser muito difícil. Pode chegar um momento de não termos mais controle e ter pacientes morrendo em casa pela quantidade de infectados e nós não termos estrutura para atender gente. Se vocês não ajudarem nos da Secretaria de Saúde, não ajudar o pessoal da Polícia Militar, não ajudar o Ministério Público, não ajudar a Prefeitura Municipal o prefeito Moacir Giacomelli vem trabalhando junto com nós. Nós da Secretaria de Saúde estamos trabalhando desde janeiro para que isso não acontecesse de termos um óbito por covid-19. Não foi por falta de falar, não foi por falta de divulgar. Sempre que sai um boletim diferente estamos aqui divulgando para vocês. Não adianta vocês ficarem ouvindo mensagem de facebook, de whatsapp vocês tem que escutar somos nós que estamos na linha de frente no combate do coronavírus”, ressaltou Alessandro.

O secretário pediu ajuda de toda a população. “A nossa população precisa entender não saiam de casa atoa não se aglomerem. Evitem este não é o momento de estarmos fazendo festas, churrascos, rodinhas para tomar tereré, para fumar narguilé, para tomar Coca-Cola principalmente os jovens que eu passo na rua e eu fico desesperado de ver aquilo. Tem situações que eu vejo tem 8, 9 jovens eu paro o carro e pergunto quantas máscaras vocês têm às vezes só tem duas máscaras, a senhora que é mãe, o senhor que é pai nos ajudem também. Os jovens têm que entender que agora não é o momento. Isso uma hora vai passar, mais agora neste momento é muito importante que fiquemos em casa. Só procure as unidades de saúde se for extremamente necessário. Não adianta fechar o comércio pessoal, se fechar o comércio tenho certeza que vai ter gente andando nas ruas. Gente aglomerado nas ruas, não é isso que nós queremos pessoal o comércio tem que estar aberto para que nós possamos comprar o que precisamos e ir para casa. A população precisa se unir com nos no combate ao covid-19 neste momento. Este é um momento de união gente, aqui não existe situação ou oposição aqui este a prioridade com a saúde. Nós precisamos nos unir, estamos trabalhando para que os casos não aumentem ainda mais. Mais sem a ajuda de vocês não vamos conseguir controlar essa pandemia. Então gente colabore conosco, nos ajude denuncie aquele vizinho que está fazendo festa, denuncie aquelas pessoas que estão aglomeradas porque através de vocês nós vamos vencer este coronavírus”, concluiu Waldir.  

Fonte:Dieny Vieira