Sábado,04 de Julho de 2020 São 17h08

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Está todo mundo cego

É claro que ninguém é cego aqui, mas a impressão que se passa é essa! É bem visível, ou melhor, super visível na Av. Nicarágua o uso constante de jovens usando drogas na praça da Igreja Católica. Durante o dia o local serve como pista de caminhada e ...
05/03/2012 - 08:14:00

É claro que ninguém é cego aqui, mas a impressão que se passa é essa!  É bem visível, ou melhor, super visível na Av. Nicarágua o uso constante de jovens usando drogas na praça da Igreja Católica. Durante o dia o local serve como pista de caminhada e a noite o local é usado como boca de fumo e muita droga durante a madrugada.

A situação nesse local não é novidade, acontece há muito tempo, e tudo permanece do mesmo jeito, por isso eu afirmo “Está todo mundo cego!” Sinceramente eu não consigo imaginar qual é a grande dificuldade que impede de acabar com essa situação.

Enquanto ninguém faz nada, mais uma vez, as pessoas de bem são as que ‘pagam o pato’, são elas que se privam de andar naquela rua com tranqüilidade, pois o medo é grande já que não é novidade que a droga está associada ao furto, roubo e assalto.

Pior é ainda para a vizinhança daquele local que para entrar em sua casa a noite só se for bem acompanhado e sair à noite nem pensar, o risco é muito grande de quando voltar encontrar a residência arrombada.

Não há exagero a realidade é essa, enquanto é feito ‘vista grossa’ os problemas estão tomando grandes proporções. Ou seja, se antes o problema em Vera era furto a residências hoje a situação é outra. Está acontecendo roubos nas ruas e a vítima é as mulheres que estão a pé ou de bicicleta na rua.

Só essa semana foram dois casos de mulheres que estavam de bicicleta e foram roubadas por aparentemente menores de idade que estavam de bicicleta também. Os relatos são de que eles chegam e puxam a bolsa ou ‘pegam’ o que estão na cesta da bicicleta. O pior é que não dá para perseguir ou apresentar resistência, pois além deles terem maior força física geralmente eles estão portando arma branca (faca).

Enquanto não se fecha as bocas de fumo, enquanto é solto o menor infrator, enquanto não fiscalizar a permanência de menores de idade nas ruas após as 22h e enquanto fingir que não se vê os problemas à situação em Vera vai deixar de ser somente furto e roubo e passar a ser estupro e assalto. E a tendência é essa piorar, piorar e piorar cada vez mais.

Fonte:Cristiane Guerreiro