Sábado,04 de Julho de 2020 São 17h55

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Renovando as promessas e as superstições

Quem é que nunca fez promessas para o ano que se inicia? Que atire a primeira pedra então. Acho, ou melhor, tenho certeza que todas às pessoas têm mania de prometer que vai começar o ano de uma maneira diferente...
05/01/2012 - 05:00:00

Quem é que nunca fez promessas para o ano que se inicia? Que atire a primeira pedra então. Acho, ou melhor, tenho certeza que todas às pessoas têm mania de prometer que vai começar o ano de uma maneira diferente.

E as promessas são muito simples geralmente são sempre as mesmas, as comuns são: vou mudar o visual para o próximo ano, vou parar de fumar, vou fazer uma nova dieta, vou malhar...e por aí vai.

Todo o início de ano é a mesma coisa, as pessoas renovam as promessas e quase sempre acabam em promessas. Enfim, é difícil adotar novos hábitos e adaptar as mudanças, por isso geralmente nos primeiros meses do ano as promessas são cumpridas e logo depois esquecidas.

É engrado também que em toda a virada de ano renovamos as superstições, a cor da roupa da passagem para o próximo ano ainda é crucial para a maioria das pessoas.  As cores são escolhidas de acordo com o que desejamos, se é dinheiro a roupa a ser usada é o amarelo se quer paz à roupa já é o branco e por aí vai.

Enfim mais um início de ano de promessas e superstições. Mesmo que as promessas não se cumpram, mesmo que as superstições sejam apenas superstições o importante é acreditar que teremos um ano melhor, que somos capazes, que faremos as coisas por merecer e acima de tudo tentar ser feliz , é isso que o Jornal Folha do Norte Deseja, é isso o importante.

Vai aí um recado especial para todas as pessoas do bem “sempre existirão pessoas que farão de tudo para nos infringir e desmotivar, mas isso não importa porque somos potentes diante de muitas coisas e situações. Podemos nos deprimir e nos sentirmos incapazes de realizar qualquer tarefa. O que é preciso é ter a tranqüilidade necessária para superar as circunstancias da vida, pois muitas vezes não conseguimos enxergar as soluções que podem estar a nossa frente.  O esforço pessoal e a disciplina é o guia para o sucesso. E, acima de tudo acreditar em nós mesmos é primordial para superar as adversidades e para estruturar quaisquer atividades que formos fazer”.

 

Fonte:Cristiane Guerreiro