Segunda Feira,10 de Agosto de 2020 São 04h19

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Núbia Óliiver sobre bissexualidade: Se juntar os dois então, melhor ainda

Modelo fala de depressão e de caso na justiça: Quero meu dinheiro de volta
14/11/2019 - 15:39:06

Núbia Óliiver tem uma relação muito próxima da filha, Anne Abate, de 15 anos. A modelo contou que não esconde da menina o currículo amoroso que inclui homens, mulheres e trans. “É uma geração de cabeça aberta. Chocaria pessoas da idade dos nossos pais, eu acho. Mas ela não. Sempre digo que tenho um percentual. Sou 80, 90% atraída por homem, eles têm muito a oferecer e eu adoro. Agora, sou também 10, 20% atraída por mulher, elas são mais gostosas e mais românticas, mas depende muito. Os dois são maravilhosos e se juntar os dois então, melhor ainda”, afirmou Núbia, aos 45 anos, solteira há quatro anos.

A liberdade de se relacionar é extensiva a Anne. Ela só pede para a filha se cuide quanto às doenças sexualmente transmissíveis. “Não tenho problema nenhum caso fique com meninas. O importante é estar feliz e se precaver”, garantiu.

A cumplicidade com a filha é o combustível para Núbia não se entregar à depressão. Diagnosticada há mais de 10 anos com a doença, a modelo vem conseguindo se manter equilibrada por causa da família. A última crise foi no aniversário da garota em junho. “Queria ter feito a festa de 15 anos para ela. Tinha dinheiro, mas pegaram todas as minhas economias. Isso me deixou arrasada e meu quadro piorou. Mas é por ela que não me entrego e sigo firme”, revelou ela, buscando ânimo para cuidar da casa em São Paulo e continuar trabalhando em campanhas publicitárias.

Núbia entrou na Justiça contra o empresário Julio Marchi em março. Ela o acusa de dever R$ 541 mil em valores corrigidos. Os dois eram amigos. “Quando comecei a ter um volume maior de dinheiro, ele passou a cuidar para mim. Levava os dólares até o banco. Um dia, ele me fez uma proposta para eu emprestar esse dinheiro e ele cuidaria para mim”, disse Núbia. “Pedi o dinheiro de volta e ele disse que não tinha a grana, cada hora é uma história. De seis anos para cá, não vi mais o dinheiro. Eventualmente, ele paga os juros, mas há quatro meses não paga, agora resolvi entrar na Justiça”, lembrou.

A revolta de Núbia só aumenta quando lembra que Julio foi morar na França. “Enquanto estou aqui, sem as minhas reservas, ele está lá. Não sou rica, não tinha marido rico e não sou filha de pai rico. Tenho que fazer o meu dinheiro, tenho um volume grande de gastos. Ele começou a me fazer passar raiva com mentiras, isso fez a minha depressão piorar”, repetiu.

Fonte:revistaquem