Quinta Feira,06 de Agosto de 2020 São 09h43

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Casos de Covid crescem de maneira assustadora no interior de MT

09/07/2020 - 07:29:39

Matupá, Lucas e Querência lideram ranking negativo da pandemia

Dados compilados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), na segunda-feira (6), apontam que os casos de Covid-19 estão aumentando nos municípios do interior, o que preocupa as autoridades, em razão da estrutura hospitalar. O setor de estatística de SES fez um cálculo considerando o índice populacional e o número de casos a cada mil habitantes.

Esta conta aponta que o percentual de infectados pode ser muito maior em cidades menores, do que na região metropolitana. De acordo com este levantamento, Matupá aparece na liderança dos casos da doença. Com uma população de pouco mais de 16 mil habitantes, a cidade tem 254 casos.

Dividido pelo índice populacional, são 15,5 casos a cada mil habitantes. Na semana passada essa posição era ocupada por Nossa Senhora do Livramento, que também tem um índice considerável de registros confirmados da doença.

Considerando a mesma conta, Lucas do Rio Verde aparece em segundo lugar na lista. A cidade tem 65,5 mil habitantes e 965 ocorrências de coronavírus.

 
 

São 14,7 registros a cada mil habitantes. Segundo a secretaria, a doença tem avançado rapidamente no município.

No terceiro lugar da lista está Querência que, na semana passada também configurava entre as primeiras, em maior número de casos, considerando o índice populacional. O município possui 17,4 mil habitantes e 245 notificações de Covid-19. Isso gera um percentual de 14 infectados a cada mil habitantes.

Primavera do Leste parece na quarta colocação. No último levantamento, o município aparecia em terceiro lugar. Com 62 mil habitantes, a cidade tem 827 casos. Um percentual de 13,3 casos confirmados a casa mil habitantes.

Segundo os dados da SES, Nova Mutum também vem surpreendendo em número casos. O aumento foi considerável nas últimas semanas, de acordo com a estatística. A cidade tem 45,3 mil habitantes e, até o momento, já registrou 546 casos da doença, gerando um índice de 12 ocorrências a cada mil habitantes.

Fonte:LIDIANE MORAES -FOLHA MAX