Quinta Feira,06 de Agosto de 2020 São 09h39

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

"Centro de Triagem vai contribuir com as prefeituras no diagnóstico, testagem e tratamento precoce contra a covid", afirma governador

Unidade será aberta para atender pacientes com sintomas leves de coronavírus
21/07/2020 - 06:46:51

O governador Mauro Mendes afirmou que o Centro de Triagem da Covid-19 é uma grande contribuição do Governo do Estado para auxiliar as prefeituras no diagnóstico, testagem, tratamento precoce e na distribuição de medicamentos contra a covid-19.

A unidade foi instalada na Arena Pantanal, em Cuiabá, e estará aberta a partir desta quinta-feira (23.07). 

O acesso será das 7h da manhã até as 17h, com distribuição de senha a partir das 6h. Os atendimentos se estendem até às 19h, mas o acesso ao local se encerra às 17h. A previsão é de que cerca de 600 pessoas sejam atendidas por dia.

De acordo com o governador, apesar de esse atendimento primário ser de responsabilidade das prefeituras, o Governo do Estado está empenhado em criar todas as alternativas possíveis em favor da saúde da população.

"É um serviço que criamos aqui para colaborar com aquilo que as prefeituras fazem nos PSFs, UPAs, e policlínicas. Agradeço a todos os profissionais que trabalharam muito para montar essa unidade", ressaltou.

Mendes explicou que, em relação ao interior do estado, o Governo estará enviando nos próximos dias grandes lotes de medicamentos e testes rápidos para auxiliar as prefeituras. 

"Adquirimos 400 mil testes e recebemos doação de mais 100 mil. Vamos usar uma parte desses testes aqui no centro de triagem e também enviaremos outra parte a partir de amanhã para todos os municípios", disse.

Conforme o chefe do Executivo Estadual, o centro de triagem, ao tratar os casos já no início, vai ajudar a reduzir a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) na rede pública de Saúde.

“Melhorando o diagnóstico e a testagem, podemos diminuir a curva de contágio e fazer o tratamento precoce, diminuindo a necessidade de o cidadão procurar hospital e precisar de UTI", destacou.

Para o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, a iniciativa irá contribuir para diminuir os casos graves da doença.

"Esse não é um atendimento para casos agravados. Para os casos graves, a porta de entrada continua sendo as UPAs. Por isso é importante que apenas as pessoas que tenham sintomas leves venham até aqui", afirmou, ressaltando que a unidade será uma extensão do Hospital Estadual Santa Casa.

Figueiredo contou que haverá 20 médicos para atendimento no local, além de profissionais para a triagem, testagem, equipamento de tomografia e toda a estrutura necessária ao público.

Ele lembrou que os medicamentos só serão distribuídos à população com a receita médica, que poderá ser feita na própria unidade, caso o médico prescreva. 

"Nenhum cidadão receberá um medicamento que não seja prescrito e que ele não aceite tomar" concluiu.

Fonte:Lucas Rodrigues - Secom