Quinta Feira,06 de Agosto de 2020 São 08h56

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Internado em SP, Botelho tem 50% do pulmão comprometido

15/07/2020 - 06:25:14

Com respiração ofegante e tossindo bastante, o presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (DEM) participou rapidamente da transmissão da sessão na tarde desta terça-feira (14) para falar de sua internação, após ter contraído a Covid-19 (veja vídeo abaixo).

Botelho embarcou para São Paulo na noite da última segunda (13), após constatar que está com 50% de seu pulmão comprometido em decorrência da doença.

Ele está internado em uma unidade semi-intensiva do Hospital Sírio-Libanês.

Aos deputados, ele fez um relato sobre os primeiros dias que passou a ter sintomas do novo vírus e admitiu ter “subestimado a doença”.

O presidente disse que fez um exame para Covid-19 no dia 26 do mês passado e o resultado foi negativo. Desta forma, acreditou estar sendo acometido por uma crise de sinusite e tomou medicamentos somente para isso.

De domingo para segunda-feira tive muita febre, calafrios. Tive que levantar a noite para tomar banho. A febre veio acima de 40º. Então fiz uma nova tomografia, que apontou mais de 50% de comprometimento [do pulmão]

 

“No sábado seguinte, por volta do horário do almoço, senti algo diferente: um arrepio no corpo, parecia uma corrente elétrica indo do pé a cabeça. Senti isso três vezes seguidas. Percebi que tinha algo errado”, contou.

No mesmo dia, Botelho foi consultado pelo médico da Assembleia, Carlos Carretoni, que constatou alguns sintomas de Covid e recomendou o uso de medicamentos como a Azitromicina e a Ivermectina.

“Não tinha dificuldades para respirar, não sentia dor. Apenas o peso na cabeça. Isso seguiu até quinta-feira, quando acabou os cinco dias tomando o kit. Na sexta-feira, fiz uma tomografia e constatou o comprometimento do pulmão em torno 10%”, afirmou Botelho.

Diante do quadro, ele seguiu tomando antibióticos.

No último final de semana, contudo, Botelho disse que os sintomas foram mais agressivos, incluindo febre acima de 40º.

“De domingo para segunda-feira tive muita febre, calafrios. Tive que levantar a noite para tomar banho. A febre veio acima de 40º. Então fiz uma nova tomografia, que apontou mais de 50% de comprometimento [do pulmão]”, afirmou.

Botelho disse que neste momento teve preocupação se necessitaria ou não de uma internação em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em razão da falta de vagas em Mato Grosso, entendeu que seria melhor seguir para São Paulo.

“Estou em uma unidade semi-intensiva, com monitores, mas não precisei ser intubado e creio que não vou precisar. Tenho certeza que logo vou sair. Daqui uns três, quatro dias devo ir pro quarto, vou esperar a recuperação e depois voltar pra casa”, concluiu o presidente.

Veja o depoimento do presidente (a partir de 18 minutos do vídeo):

Fonte:Camila Ribeiro-Mídia News