Terça Feira,01 de Dezembro de 2020 São 14h40

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Morre piloto que caiu com helicóptero no Pantanal em Mato Grosso

27/10/2020 - 12:30:54

A assessoria da secretaria de Estado de Segurança Pública confirmou, há pouco, que Renato de Oliveira Souza, de 55 anos, morreu, hoje de madrugada, no Rio de Janeiro, onde morava com à família. Ontem à noite, ele teve um quadro de falta de ar, foi socorrido por uma ambulância, mas não resistiu.  A suspeita, segundo informações da família, é de tromboembolismo pulmonar.

Renato era do piloto da Força Nacional, compôs a equipe enviada pelo governo Federal para auxiliar Mato Grosso no combate aos incêndios florestais e se acidentou no Pantanal, no dia 8 deste mês, juntamente com dois integrantes da Força Nacional.

Ele estava internado em um hospital de Cuiabá e foi transferido em UTI Aérea para o Rio de Janeiro, na última quarta-feira para continuar o tratamento perto da família após receber autorização médica numa aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). O apoio também foi prestado no dia do acidente, com transporte das vítimas e acompanhamento do estado de saúde.

Renato de Oliveira era agende especial da Polícia Civil do Distrito Federal e fez parte da equipe da Força Nacional desde maio de 2016. Atuou em vários estados, como Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Sergipe, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Ceará, Minas Gerais e Mato Grosso, comandando a aeronave Nacional 01.

O governo de Mato Grosso lamentou o falecimento do piloto. Para o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, “Renato dedicou boa parte de sua vida na defesa da vida, e não foi diferente nesta última missão. Externamos nosso máximo respeito e admiração e nossos sentimentos aos familiares e amigos”.

Fonte:so noticias