Quinta Feira,15 de Novembro de 2018 São 12h37

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Piloto diz à família que, com ajuda de GPS, caminhou até rio em busca de socorro

08/11/2018 - 16:13:55

Maicon Esteves, de Primeiro de Maio, no norte do Paraná, estava desaparecido desde domingo

O piloto agrícola Maicon Esteves falou por telefone com a família, que mora em Primeiro de Maio, no norte do Paraná, após ser resgatado, na tarde desta quarta-feira (7). Ele ficou três dias perdido depois que o avião que ele pilotava caiu em meio à selva em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá (MT), no domingo (4).

Na conversa com a família, o piloto contou que se queimou ao sair do avião em chamas, mas não deu mais detalhes sobre o que aconteceu.

Já fora do avião, ele relatou que, com a ajuda de um GPS via satélite, achou um rio e caminhou até lá, onde continuou andando a procura de uma ponte ou alguém que o socorresse.

Nesta quarta, como estava muito cansado, o piloto contou que resolveu ficar deitado. Foi como ele foi encontrado.

Maicon foi levado até um hospital de Peixoto de Azevedo, onde chegou por volta das 18h, um pouco desorientado, segundo informações do médico que o atendeu. O piloto sofreu queimaduras de primeiro e segundo graus no rosto, nos braços e no pescoço, além de lesões nos pés.

Ainda de acordo com o médico, ele apresenta um bom desenvolvimento, está conversando e relatou que houve uma pane no avião e que, quando tentou pousar, houve uma explosão.

O piloto deve ficar internado por mais uma semana, conforme o médico.

Alívio da família

Após a notícia que Maicon foi encontrado com vida, muitos amigos e parentes se reuniram em frente à casa da família do piloto, em Primeiro de Maio.

O pai de Maicon, Martinho Esteves, mostrou à RPC Londrina o áudio que recebeu do fazendeiro que estava ajudando nas buscas. Saiba mais.

Texto: RPC Londrina

Fonte:RPC Londrina