Domingo,12 de Julho de 2020 São 08h54

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Mauro reafirma Dilmar na liderança do Governo e critica oposição que não ‘lê’ e ‘obstrui’

04/06/2020 - 12:32:02

O governador Mauro Mendes (DEM) reafirmou ontem, em entrevista coletiva, que a liderança do seu governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso continua com o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) e não deu sinais de que pretende trocá-lo em breve, chegando, inclusive, a elogiar o trabalho exercido pelo deputado como líder e como parlamentar. O assunto ressurgiu nos bastidores, novamente, no final de semana dando conta de que a representação no parlamento poderia ser assumida pelo deputado Wilson Santos (PSDB), que aderiu à base governista no começo do ano.

“O nosso líder hoje é o deputado Dilmar Dal Bosco”, reafirmou. “O Dilmar tem ajudado muito o governo, é um deputado experiente e que tem colaborado, dentro da Assembleia Legislativa, com o seu papel de parlamentar e tem colaborado com Mato Grosso ajudando o governo do Estado a fazer uma série de medidas que tem sido boas para o cidadão mato-grossense”, completou.

Ao Só Notícias, Dilmar disse que conversou recentemente com Mauro Mendes e que o chefe do Executivo não vê motivos para a troca, uma vez que todos os projetos de interesse do governo avançaram na Assembleia, mesmo que sem defesas exaltadas na tribuna, o que, ressaltou, não é o seu perfil de liderança e de parlamentar.

Sobre Wilson Santos, o governador não confirmou que o deputado tenha sido convidado para assumir a liderança. Mauro Mendes explicou que o tucano chegou à base do governo por reconhecer o trabalho do Poder Executivo e que o governo o aceitou por entender a necessidade de ampliar seu apoio no parlamento. Sem citar nomes, o governador aproveitou para criticar algumas atitudes de opositores que, segundo ele, querem obstruir o trabalho do Estado.

“O governo precisa ter na Assembleia uma base de apoio para que os projetos de interesse do cidadão de Mato Grosso possam passar com tranquilidade, ou dentro de um debate democrático, mas ter a sua tramitação garantida. Diferente de alguns poucos membros da oposição que não querem discutir, não querem ler e querem obstruir o trabalho do Governo. A gente respeita qualquer tipo de oposição, qualquer tipo de divergência, mas não existe nenhum projeto que nós mandamos para lá que não possamos debatê-lo com a Assembleia e com a própria sociedade mato-grossense”, afirmou.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: Só Notícias/Guilherme Araujo/arquivo)

Fonte:Marco Stamm- Só Notícias