Segunda Feira,18 de Novembro de 2019 São 08h03

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Caminhoneiro é preso suspeito de ajudar os pais a executarem esposa de 23 anos

06/09/2019 - 15:49:16

Rafael Moraes Dias, de 29 anos, foi preso na manhã de quinta-feira (5), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), por suspeita de participar da morte da esposa, Thaís Mara dos Santos Gomes, de 23 anos, em Primavera do leste (231 km de Cuiabá), em julho deste ano. Os pais do jovem, Marta Moraes Alves, de 50 anos, e Daniel Cirilo, foram presos em flagrante por homicídio qualificado na época do crime. A vítima era nora do casal e foi encontrada morta com uma faca cravada no braço ao lado da sua filha recém-nascida.

A prisão foi realizada pela Unidade Operacional da PRF, durante a manhã, enquanto trafegava pela rodovia BR-070, em Primavera do Leste. Ele estava em uma carreta bitrem. Segundo a polícia, o suspeito havia deixado o município de Nobres com sentido a Paranatinga.

Após a abordagem, a PRF entrou em contato com a Polícia Judiciária Civil de Primavera do Leste, que informou que o motorista tinha um mandado de prisão aberto, por envolvimento na morte de sua esposa.

De acordo com a Polícia Civil, o casal nega o crime, mas as evidências levam a crer na participação dos dois. Uma câmera de segurança instalada perto da casa da vítima registrou o momento que Daniel sai da casa de Thaís por volta das 4h da madrugada e vai embora a pé em direção a casa onde reside com Marta.

Conforme o delegado Pablo Borges Rigo, no mês de maio deste ano, Thaís registrou boletim de ocorrência de injúria em desfavor de Marta Moraes. Na ocasião a jovem não quis representar preventivamente contra a sogra.
"Já na segunda-feira (1) a suspeita e o marido Cirilo registraram boletim de ocorrência contra Thaís pelo crime de danos materiais, em razão de a nora ter ido até a casa do casal e quebrar vários objetos do local", disse o delegado.  


O caso

A jovem Thais Mara dos Santos Gomes, de 23 anos, foi encontrada morta na tarde do dia 3 de julho, dentro de uma residência no bairro Castelândia, em Primavera do Leste. A filha dela, recém-nascida, foi encontrada ao lado do corpo.
Segundo as informações da polícia, um vizinho foi quem encontrou a jovem já morta com uma faca cravada embaixo do braço. Conforme boletim de ocorrências, o marido da vítima, que é caminhoneiro, teria ligado para a testemunha informando que não conseguia contato com a mulher e pediu para que o mesmo fosse verificar.

Em seguida, o homem foi até a residência e chamou por várias vezes pela jovem, mas ninguém respondeu. O marido da vítima então autorizou a entrada do vizinho, que pulou o muro do imóvel e encontrou o corpo da vítima e a bebê ao lado. A criança foi resgatada e entregue ao Conselho Tutelar da cidade.

Fonte:ubirata24horas