Segunda Feira,19 de Agosto de 2019 São 21h55

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Funcionária de supermercado passa mal e morre dentro de câmara fria

08/02/2019 - 06:50:27

Uma funcionária do Supermercado Atacadão de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, morreu dentro do estabelecimento na manhã desta quinta-feira (07), após passar mal na câmara fria do mercado.

Conforme informações da Polícia Judiciária Civil, uma equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande para fazer a liberação do corpo da mulher.

Na unidade hospitalar, os policiais civis foram informados que a morte ocorreu depois que a vítima passou mal na câmara fria do mercado e seguiram para o Atacadão.

No local, testemunhas informaram aos policiais que a funcionária, Joadir Rosa Euzébio Siqueira Silva Soares, 45 anos, que era líder de equipe, foi prestar atendimento a outro funcionário. O rapaz teria passado mal na área onde ficam os produtos resfriados.

Joadir encaminhou o homem, que saiu andando, até o ambulatório do mercado onde foi atendido. Conforme as testemunhas, cerca de 10 a 15 minutos, na área administrativa do supermercado, a mulher passou mal e caiu ao chão. O Samu foi acionado e constatou o óbito ainda no local.

O corpo da vítima foi liberado pela Polícia Civil no PSM-VG. Um laudo da Politec deve indicar a causa da morte. O funcionário que também passou mal foi atendido e liberado. Ele será ouvido pela equipe visando esclarecer melhor as circunstância da morte da funcionária.

Em nota a rede atacadista lamentou o fato e chamou de “fatalidade”. Também informou que os dois funcionários são terceirizados e utilizavam Equipamentos de Proteção Individual (EPI) no momento do ocorrido.

A rede disse que está à disposição das autoridades para auxiliar com as investigações. E que segue ainda em contato com a empresa terceirizada para que seja dado o suporte devido aos colaboradores e familiares.

Fonte:Karina Cabral- O Livre