Segunda Feira,22 de Abril de 2019 São 00h16

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Homem rouba carro, bate em poste, vai preso, pula de viatura em movimento e é atropelado

Polícia registrou que ele já era monitorado por tornozeleira eletrônica
09/01/2019 - 20:39:07

Um homem de 28 anos, que é monitorado por tornozeleira eletrônica, foi novamente preso pela Polícia Militar na noite dessa terça-feira (8), depois que roubou um veículo. Durante o trajeto até a delegacia, ele conseguiu se livrar das algemas, pulou da viatura em movimento e foi atropelado. Depois, ele teve que receber atendimento médico.

A noite de desventuras do criminoso começou quando, por volta das 22 horas, ele roubou um veículo Ford Ka, de cor prata, próximo à Capela Jardins, no bairro Bandeirantes, em Cuiabá. Na ocasião, ele tinha um simulacro de pistola e uma faca – e roubou o carro ameaçando o dono e seu filho .

Depois do crime, o suspeito fugiu com o veículo do local, mas, no bairro Dom Aquino, perdeu o controle do carro e bateu no muro de uma casa.

Como a polícia já tinha sido avisada do roubo pelo 190, conseguiu encontrar o homem – que tinha as mesmas características do suspeito do roubo. Ele tentou resistir à abordagem policial, mas acabou algemado, com as mãos para trás.

Durante busca pessoal, os militares encontraram a arma falsa e a faca, confiscaram os objetos e colocaram o homem na traseira da viatura.

Ele, porém, determinado a não voltar para a prisão, passou a chutar o camburão e danificou a tampa do porta-malas da viatura.

Quando o veículo passava na Avenida Tenente Coronel Duarte, distante poucos metros de onde ele foi encontrado, o homem saltou da viatura em movimento, já com as mãos para frente. Ele correu e tentou entrar em um outro veículo, que estava parado no semáforo, mas não conseguiu. Depois, ele atravessou a avenida para fugir e acabou atropelado.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou socorro e o levou para o Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá. Lá, ele foi reconhecido pelas vítimas e irá para a cadeia assim que receber alta.

Fonte:O Livre-Camilla Zeni