Sábado,19 de Setembro de 2020 São 13h55

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Presos acusados de matarem avô, neta e balearem mais 2 da mesma família em Lucas do Rio Verde

31/08/2020 - 17:31:44

Os dois principais suspeitos de terem assassinado Eduardo Ferreira dos Santos, de 45 anos, a neta dele, de 3 anos, além de balear a esposa, de 45 anos, e o filho dele, de 26, foram presos, esta manhã, pela Polícia Militar na avenida Tocantins, no bairro Cidade Nova. A identificação foi feita com ajuda das câmeras de segurança. Não foi confirmado se eles confessaram o crime. Agora, os policias continuam fazendo buscas para tentar prender mais dois envolvidos com crime.

O crime ocorreu, ontem à tarde. Eduardo morreu ainda no local. Já a menina foi atingida na cabeça por um dos tiros, socorrida pela própria família e levada até o hospital de Lucas do Rio Verde. Porém, devido a gravidade precisou ser transferida ao Hospital Regional de Sorriso onde acabou morrendo.

O corpo dela será velado a partir das 15h, na capela municipal. O sepultamento será em Lucas, mas ainda não tem horário definido. O corpo do avô foi sepultado.

Conforme Só Notícias já informou, uma das vítimas contou aos policiais no momento que era socorrida que os disparos foram feitos por ao menos quatro suspeitos que chegaram na propriedade em um VW Gol vermelho. De acordo com o boletim de ocorrência que Só Notícias teve acesso, a mulher que era esposa de Eduardo Ferreira relatou que ele chegou a afirmar aos criminosos antes dos disparos que “agora vocês vieram aqui para ‘atazanar’ minha família”.

O homem baleado – filho do casal – também confirmou aos policiais que tentou revidar a agressão e acertou um tiro em um dos suspeitos com revólver, que foi apreendido com outras duas espingardas que estavam na residência.

Uma testemunha também afirmou aos militares que pouco antes do crime os criminosos teriam ido pescar na propriedade da vítima e acabaram entrando em discussão. Depois disso, saíram com veículo e podem ter retornado para cometerem o crime.

O motivo do conflito ainda é desconhecido e está sendo investigado pela Polícia Civil. Um celular foi encontrado no terreno e poderá ajudar identificar os suspeitos.

Só Notícias/Cleber Romero com Altair Anderli, de Lucas do Rio Verde (foto: Só Notícias)

Fonte:Só Notícias