Quarta Feira,08 de Julho de 2020 São 09h51

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Sogro é acusado de decepar a mão e matar genro ao vê-lo agredir a esposa

12/02/2020 - 13:50:32

Um homem de 59 anos está sendo acusado de matar o próprio genro, o empresário Faisal Ibrahim Adbulrahman Younes, 49 anos, depois de vê-lo agredindo sua filha.

O caso aconteceu no Bairro ZN 1, em Matupá (680 km de Cuiabá).

Conforme o relato da esposa de Faisal à Polícia Militar, ela e o marido tiveram uma briga e, por isso, ela foi para a casa dos pais, deixando o filho do casal com o marido.

Na madrugada desta quarta-feira (12), porém, ela e o marido se reuniram para levar a criança ao hospital e o homem passou a agredi-la.

Ela, então, saiu do carro em que estava com ele e ligou para o pai ir buscá-la. O pai a encontrou próximo a uma escola e a levou até em casa para buscar o neto.

Chegando na casa, porém, Faisal teria voltado a agredir a esposa e o pai dela interveio na briga. O marido, então, teria ido para cima do sogro e ambos se agrediram.

Mão decepada

Em meio à briga, o sogro pegou um facão e decepou a mão do genro.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 6h40 desta manhã com a informação de que havia um homem atropelado e caído no chão na Rua 7, do Bairro ZH.

Uma equipe foi até o local e encontrou o homem, mas só no local descobriu que não se tratava de um atropelamento, mas sim de uma tentativa de homicídio com arma branca, visto que a mão da vítima estava próxima ao corpo.

Testemunhas relataram que o suspeito era sogro da vítima e tinha fugido em uma caminhonete.

A vítima foi socorrida para o Hospital Municipal, ainda com vida. Porém, Faisal não resistiu ao ferimento e morreu no hospital.

O suspeito, a princípio, não foi encontrado. A filha dele, e esposa da vítima, foi encaminhada para a delegacia para prestar depoimento.

A Polícia Judiciária Civil informou que está em busca do suspeito e apurando o caso.

Fonte:Karina Cabral- O Livre