Quarta Feira,16 de Junho de 2021 São 21h54

ECONOMIA CIDADES GERAL POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE ENTRETENIMENTO DESTAQUE SOCIAL EDITORIAL PUBLICAÇÕES

Menu

PÁGINA INICIAL

FALE CONOSCO

Polícia Civil e GCCO apreendem 3 toneladas de explosivos que seriam usados em assaltos a bancos no Nortão

30/04/2021 - 14:46:49

O delegado da Polícia Civil de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop), Victor Hugo Caetano de Freitas confirmou, há pouco, que foram apreendidos na região de Guarantã e Peixoto de Azevedo, esta manhã, cerca de três toneladas de explosivos, que seriam utilizados para explosão de caixas eletrônicos, garimpos ilegais, dentre outros. A ação teve a participação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

“A carga estava escondida em um caminhão que transportava soja” e foi levada para a delegacia de Guarantã. “O suspeito foi preso. A ação foi realizada pela Polícia Civil, por meio do GCCO e contou com o apoio das equipes das delegacias de Guarantã e Peixoto”, explicou o delegado.

Freitas afirmou ainda, em entrevista, ao Só Notícias, que os explosivos eram para ser usados crimes na região Norte. “De Sinop até aqui em Guarantã. Ainda não temos dados de qual seria a rota que o motorista estava fazendo. A ação foi em Peixoto de Azevedo durante abordagem na BR-163. Nós demos apoio logístico. Os policias do GCCO estão na região para outra missão e abordaram essa carreta que estava transportando soja e acabaram descobrindo o carregamento de explosivo após o condutor apresentar muito nervosismo”.

Os explosivos não possuem identificação ou documentação legal. O condutor foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil e deverá responder por recarregar ou reciclar, sem autorização legal, ou adulterar, de qualquer forma, munição ou explosivo, previsto no artigo 16, da Lei de Desarmamento.

Agora, a equipe da Gerência de Operações Especiais (GOE) que atua com manuseio de material explosivo foi acionada e já está na cidade para fazer o transporte do material com segurança para Cuiabá. Os explosivos devem ser encaminhados para o Exército para as providências cabíveis.

Em instantes mais detalhes

Fonte:Só Notícias